segunda-feira, agosto 27, 2012

Assassinato: MANOEL RIBAS e GURAPUAVA

Auxiliar de carceragem de Manoel Ribas é executado com tiros em Guarapuava
O Auxiliar de Carceragem da cidade de Manoel Ribas, foi executado em Guarapuava. A notícia chegou a Manoel Ribas nesta segunda-feira, 27 de agosto de 2012. Funcionários da delegacia, como o escrivão Napoleão, lamentaram o episódio. Segundo um Jornal Diário de Guarapuava, a vítima era ex funcionário da 14ª SDP (Subdivisão Policial Guarapuava) antes de ser transferido para Manoel Ribas. Ele foi assassinado na tarde do último domingo, dia 26, no bairro São Cristóvão. Segundo informações de testemunhas, Valmir Ferreira de Almeida, de 40 anos, recebeu três tiros enquanto caminhava pela rua João Gelinski. Suspeito de praticar o crime, um adolescente, foi ouvido na tarde desta segunda-feira, e há suspeitas de mais dois foragidos terem participado. Segundo o plantão da Polícia Civil de Guarapuava, o delegado adjunto Alysson Henrique de Souza participava de uma audiência no Fórum, por volta das 13h30 de segunda, com o menor envolvido. Valmir era auxiliar da carceragem de Guarapuava e acabara de ser transferido para o município de Manoel Ribas. De acordo com a Polícia Militar, o crime teria sido praticado por um indivíduo trajando blusa preta, camiseta cinza e calça jeans, e que fugiu em uma moto. A vítima teve teve perfurações na axila e na nuca. O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal de Guarapuava. “Há várias hipóteses que a Polícia investiga em Guarapuava, uma delas é de que ele já foi auxiliar de carceragem naquele presídio e pode ter tido atrito com alguém; ele também teve um carro furtado e conseguiu recuperar parte das peças e ai pode estar a chave do crime. Outro detalhe é que a moto que o suposto assassino usou, bate com as características de uma moto roubada em Ortigueira” Disse o escrivão Napoleão a Rádio Nova Era.

Nenhum comentário:

Postar um comentário