terça-feira, 20 de dezembro de 2016

INVESTIGAÇÃO - A Polícia apura causas de acidente que matou jovem

A família do jovem "Roni Soares" chora a perda irreparável, enquanto isso, levantamentos apontam que a ultrapassagem era permitida e há dúvidas quanto ao causador do acidente


    Inicialmente a culpa do acidente grave, parecia ser do motorista de um Kadett, de nome Aristides Raimundo Xavier, que ultrapassava um veículo Gol até que os dois carros colidiram e capotaram. Em seguida, surgiu a moto que não freou e bateu em cheio no Gol que estava sobre a pista de rolamento. Os dados da Polícia Rodoviária indicam que o ato de ultrapassar, do condutor do Kadett, não foi um erro, pois a princípio não vinha nenhum carro no sentido contrário e o local era permitido. Em sua declaração, a Polícia Rodoviária e em entrevista ao repórter "Berimbau", o senhor Aristides disse que quando estava passando o primeiro veículo (O gol) a condutora Vivian Cóccia, perdeu a direção e bateu na sua lateral. Já Vivian disse que trafegava pela pista quando o carro que ultrapassava, bateu em seu farol esquerdo e na sua lateral, fazendo com que capotasse. "Perdemos um jovem, uma pessoa querida e queríamos apenas entender exatamente o que aconteceu, porque a dor é muito grande", disse um familiar a nossa reportagem. Também ficou apurado, que o motociclista Roni, que bateu no Gol, minutos após o capotamento, não tinha carteira de habilitação; ele, infelizmente, não resistiu, mas seu irmão que estava na garupa, sobreviveu, mesmo com o impacto violento. O inquérito Policial tenta desvendar o mistério e apontar a causa exata, mas ainda não se sabe se isso será possível. SOBRE O ACIDENTE - Conforme noticiais, o acidente grave envolvendo três veículos foi registrado às 20:30 horas da noite desta segunda-feira, 12 de dezembro, na Rodovia PR 453 entre Borrazóopolis e o trevo de Cruzmaltina, na altura do Bairro Lageadão, há cerca de 3 quilômetros da cidade. Nossa reportagem foi avisada pelo empresário Pedro Reginaldo, o "Pedro da Agroquímica", que foi um dos primeiros a chegar no local. Inicialmente havia uma batida entre dois veículos, um Kadett (Placas de Borrazópolis) conduzido pelo agricultor Aristides Raimundo Xavier, de 64 anos, morador do Bairro Cassimiro, zona rural, e um Gol (Placas de Borrazópolis) que era dirigido pela professora Vivian Jaqueline Cóccia, de 40 anos. Os dois carros seguiam no mesmo sentido (Sentido Borrazópolis), quando houve uma colisão lateral, durante uma ultrapassagem. Em seguida, ambos capotaram na via. Motoristas que passavam pelo local começaram a sinalizar a rodovia e perceberam que no Kadett, havia uma pessoa presa nas ferragens. Pouco depois, surgiu uma motocicleta, que era conduzida pelo conhecido Roni Luiz Soares, de 21 anos, que já foi morador de Borrazópolis e é filho senhor Moacir, o popular "Zé Quatro Paus" de Cruzmaltina. Ele não conseguiu parar a moto e bateu em cheio contra o gol que estava capotado no meio da pista. "Roni" morreu no local; e seu irmão, Gustavo Rafael Soares, de 19 anos, que estava na garupa, foi socorrido em estado grave. Em seguida a luta foi para conseguir libertar o passageiro Altamir Pereira da Silva, o "Tamir", que estava preso nas ferragens do Kadett. Foram acionados Bombeiros e a Polícia Rodoviária do Porto Ubá, mas antes da chegada, os enfermeiros Alexandro e Liane, com ajuda de populares, conseguiram destombar o Kadett e retirar a vítima. Ao final o resultado foi o seguinte: Ferimentos graves no garupa da moto e no passageiro do Kadett; ferimentos médios no condutor do Kadetti e morte instantânea do condutor da moto. (mais fotos no link abaixo)







Nenhum comentário:

Postar um comentário