segunda-feira, 26 de dezembro de 2016

RECLAMAÇÃO - Agricultores sonham com estradas rurais consertadas

Moradores do Bairro Rural de  Rio Azul, em trechos que interligam Ivaiporã e Ariranha do Ivaí, solicitam pontes e estradas readequadas 
Recebemos uma nota enviada por Moradores do Bairro Rio Azul, zona rural de Ivaiporã e que também abrange parte do município de Ariranha do Ivaí. Do lado de Ivaiporã, os moradores disseram reconhecer o trabalho realizado pelo prefeito Carlos Gil, com muitas obras concretizadas, mas afirmaram que a região onde residem, não recebeu manutenção nas Estradas e, com isso, eles foram prejudicados pela péssimas condições das vias rurais. "Recentemente máquinas estiveram aqui perto consertando a estrada que liga com a chácara do vice, mas novamente ficamos sem o benefício", disse uma moradora. Ela também relatou que os agricultores do Bairro deram apoio ao candidato Miguel Amaral, que foi eleito prefeito, e que esperam que ele possa fazer algo pela região. Logo após a publicação da reportagem, um produtor rural que utiliza a via, culpou o responsável pelas Estradas, senhor Mário Ortiz pelo não conserto: "O Carlos Gil fez um grande trabalho e não iria excluir ninguém aqui, até porque não fez exclusão em outros locais. O não conserto revela uma falta de organização e competência de quem cuida deste setor", disse ele. Nossa reportagem ligou em pelo menos três telefones atribuídos a Mário Ortiz, dois estavam com mensagens de números não existentes e no terceiro, a ligação não completava.  ARIRANHA - Já do lado de Ariranha do Ivaí, a reclamação são das pontes que estão precárias, impedindo passagem e ainda levando, para quem trafega pela região, o risco de ocorrer algum acidente; fatos que persistiram durante os últimos quatro anos (Gestão 2012 - 2016)

Um comentário:

  1. Se quem frequenta anualmente nas férias já percebe que a cada ano nós últimos 4 anos ,a situação vem piorando ,as estradas e transporte ,imagina quem mora lá nesse cantinho abençoado .mas agora com uma nova gestão a espectativa e esperança se renova

    ResponderExcluir